14 de outubro de 2008

Em reunião de diretoria, UNE define ações para 2009

Em pauta temas como a Caravana, 6ª Bienal de Cultura, Fórum Social Mundial e a continuidade da campanha Meu apoio é concreto, para viabilizar a reconstrução da sede da UNE e da UBES, no Rio de Janiero

Cerca de 150 estudantes, entre eles 50 diretores da UNE, se reuniram este fim de semana (11 e 12) no Complexo esportivo Baby Barione, na zona oeste da capital paulista para definir mobilizações, diretrizes e atividades para o ano que vem.

Durante a reunião, a diretoria fez um balanço da Caravana da UNE: Saúde, Educação e Cultura que está na estrada desde o dia 11 de agosto. O coordenador da expedição, Emival Dalat apresentou um balanço das atividades até o momento. Os presentes avaliaram que a Caravana está sendo um instrumento de abordagem dos estudantes muito positivo, que propicia à UNE chegar a mais estudantes para mobilizar lutas em defesa da Universidade e chamá-los a participar do 12º Coneb e da 6ª Bienal de Cultura.

Em relação a Caravana ficou definido que a diretoria da UNE deve estimular a organização de comitês locais de organização e que deve haver uma maior participação dos diretores no trajeto desenvolvido pelo ônibus.

12º Coneb
Os participantes do 12º Conselho Nacional de Entidade de Base (Coneb) que acontece entre os dias 17 a 20 de janeiro de 2009 em Salvador terão uma grande responsabilidade. Isso porque essa edição de um dos principais fóruns do movimento estudantil, será o momento de sintetizar propostas de estudantes de todo o país sobre o ante-projeto de Reforma Universitária da UNE.

Essas sugestões serão colocadas em votação e darão origem ao projeto de Reforma Universitária da entidade. Durante a reunião foi apresentado um panorama geral das transformações que vem acontecendo na educação no país nos últimos meses. "Neste contexto de intensa implementação de políticas educacionais pelos poderes executivo e legislativo, joga grande papel a mobilização e luta dos estudantes. Além disso, precisamos debater de maneira mais aprofundada sobre qual Universidade queremos construir no país", disse a presidente da UNE, Lúcia Stumpf.

A reunião também reafirmou a necessidade de reeditar a campanha de boicote ao Enade, realizada em 2007.

6ª Bienal de Cultura: Raízes do Brasil – formação e sentido do povo brasileiro
Outro tema amplamente debatido durante os dois dias de reunião foi a sexta edição da Bienal de Cultura. Foi apresentada a concepção e a proposta de programação para o festival, além de distribuídos os materiais de convocação como cartaz, folder e regulamento.

Ficou definido que os diretores têm até esta quarta-feira, dia 15 de outubro, para enviar sugestões na programação. Para esta edição a meta é inscrever 2500 trabalhos.

Fórum Social Mundial
2009 será mesmo um ano movimentado. De 27 a 1 de fevereiro acontece o Fórum Social Mundial. A UNE participa do evento desde sua primeira edição, realizada em 2001 em Porto Alegre.

Ficou acertado que os temas a serem abordados pela UNE no FSM em atividades e materiais deverão ser prioritariamente a defesa da soberania da Amazônia e a educação como instrumento de integração latino-americana. Além desses temas também deveremos debater a Democratização dos meios de comunicação.

O espaço prioritário de organização da entidade será o Acampamento Intercontinental de Juventude, onde a UNE deve ter uma tenda junto da OCLAE para realizar debates e servir de ponto de referência e distribuição de materiais à juventude de todo o mundo.

UNE e UBES de volta pra casa
Foi apresentado os últimos encaminhamentos referentes à campanha "Meu apoio é concreto", pela reconstrução da sede da UNE na Praia do Flamengo, que agora deverá se centrar na aprovação do PL pelo congresso nacional além de já ir adiantando passos rumo a concretização do inicio das obras.

Foi constituído um GT composto por diretores da UNe e da UBES que terá a responsabilidade de articular todas as decisões referentes a construção da sede, além de aprovado pela diretoria as diretrizes bases que ditarão os termos da reconstrução.

A reunião também aprovou diversas moções relacionadas a questões recentes ligadas ao movimento estudantil, resoluções sobre a demarcação das terras Raposa Serra do Sol, anistia políticae sobre o Enade e a carta Honestino Guimarães que faz um apanhado geral dos temas debatidos na reunião.

Fonte: www.une.org.br

Nenhum comentário:

Videos

Loading...