16 de agosto de 2008

UNE e Tortura Nunca Mais protestam contra militares

Entidades lutam pela punição dos agentes estatais envolvidos em crimes de tortura
Cerca de 700 oficiais da Marinha, Exército e Aeronáutica reuniram-se, no último dia 7, no Clube Militar, no Rio de Janeiro, em protesto contra a possibilidade de revisão da Lei de Anistia, que pode levar à punição de acusados de torturas e outros crimes contra presos políticos durante o regime militar.
Representantes da UNE e do grupo Tortura Nunca Mais organizaram uma manifestação no local, contra a posição dos militares e a favor da punição dos agentes estatais envolvidos em crimes de tortura e pela abertura dos arquivos da ditadura militar.

"O grande erro foi torturar e não matar". Declaração do Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ),em público (dia 07 de agosto na AV. RIO BRANCO EM FRENTE AO CLUBE MILITAR).

Vejam a gravação

video

Nenhum comentário:

Videos

Loading...