24 de julho de 2008

PROSA@POESIA e etecetera e tal...

Espaço pra fuxico, desabafo, falar bonito
poetar, criar, tranformar, reproduzir, dedicar
pedir, explicar, brigar, questionar, concordar
responder, enviar, ou apenas ler.
Envie seu email.

AMÉRICA LATINA

Tantas vezes saqueada
Tantas vezes agredida

Que Galeano denunciou tuas veias abertas,
Tantas vezes saqueada,
Tantas vezes mutilada,
Que Niemeyer esculpiu
Uma mão aberta
Com uma fenda de sangue
Na palma.
Embora que sempre houve luta
Por mais que tenham sido violentas
As ditaduras.
Sempre houve resistência,
E da bravura persistente dos teus povos
E da ardente paciência
De que falava Neruda
E do sonho incandescente de teus heróis,
Da soma do teu passado
De lutas gloriosas
Com teu presente de levantes, marchas,
E rubras auroras
Os teus povos festejam o Ano Novo
Com a alegria das colheitas fartas.
E num Planeta tão ferido e conturbado
Chama atenção do mundo
A chama de esperança
Que se alastra pelo teu mapa.
O Sul é um norte

Adalberto Monteiro, Jornalista e poeta. É da direção nacional do PCdoB. Publicou três livros de poemas: Os Sonhos e os Séculos(1991); Os Verbos do Amor &outros versos(1997) e As delícias do amargo & uma homenagem(2007).

Nenhum comentário:

Videos

Loading...