27 de novembro de 2008

Eles querem torna a meia-entrada inteira


Lá vamos nós esperar que o senado tenha a boa vontade de votar à favor dos estudantes...


ESPERAR?!?!


A UJS MT vai estar puxando essa bandeira aqui dentro do estado, para que esse debate seja feito dentro das universidades, escolas, bairros, congregações, igrejas e todos os espaços possíveis, pois a comunidade geral será lesada se isso passar e se tornar lei.


Devemos e Podemos


De acordo com Márvia, na terça-feira (2), haverá novamente a votação na Comissão de Educação e a estratégia é lotar o Plenário da Educação no Senado e procurar os parlamentares para que eles sejam sensíveis à defesa da meia-entrada sem a criação de cotas.


Em outra frente de luta, os estudantes conseguiram a aprovação de uma moção contrária à cota elaborada pelo Conselho Nacional de Juventude: "Se na terça-feira nós perdermos, apresentaremos um requerimento solicitando que o projeto não vá da Comissão de Educação direto para a Câmara, mas sim, que ele seja encaminhado ao Plenário", conclui Márvia.


Hoje a nível latino americano, somente a Federação Estudantil Universitária de Cuba, possui um sistema semelhante de meia-entrada estudantil, concedida mediante a Carteira de Identificação Estudantil emitida e fiscalizada pela própria entidade e por órgãos reguladores do país. Medida que anula a comercialização ilegal do instrumento.


Por isso, pedimos que seja votada a carteira única do estudante, para barrar essa farra de carteira que ocorre hoje e que serve de desculpa para os empresarios e senadores serem à favor da COTA de meia - entrada. Queremos e sabemos que vamos conseguir, à partir de muito debate e luta, a anulação dessa votação que só fere a democracia dos estudantes, pois quem sobrevive de bolsas não conseguiria pagar um show, ir ao teatro ou até a uma exposição de artes plásticas, fazendo com que se crie uma falta de formação cultura.


Lutemos em defesa da meia-entrada estudantil!
Direito conquistado, não pode ser roubado!

Nenhum comentário:

Videos

Loading...