28 de junho de 2008

14º Congresso Nacional da União da Juventude Socialista

"Eu Sou artista, operario, sou estudante, esportista,eu sou da luta eu sou brasil, sou estudante da união da juventude socialista"

Diversos palavras de ordem foram ditas, debates e planejamentos foram feitos, tudo em 4 dias, de 12 à 15 de junho, na cidade de São Paulo, comprovando mais uma vez que a UJS é uma das maiores entidades do movimento social do país e uma das maiores entidades juvenis do mundo, tendo hoje 130 mil filiados.

Os 1215 delegados, discutiram propostas para as políticas públicas de juventude, cultura, emprego e principalmente o socialismo com a cara da juventude e do Brasil.

Fundada em 1984, com ajuda do deputado Aldo Rebelo, tem sido uma escola para milhares de jovens que querem mudar o nosso país através da política. Digo com muito orgulho que a UJS continua sendo a referência de diversos jovens no país. A ousadia é uma característica própria da juventude e a UJS é uma entidade que valoriza e estimula a ousadia, a coragem, a criatividade dos jovens.
A UJS mudou seu estatuto e agora aprofundou ainda mais seu caráter democrático, ampliando o espaço das diversas frentes de atuação da juventude como o hip-hop, glbtt, cultura, ciência e tecnologia, esporte.

Para concretizar tamanhos objetivos, esta nova geração de militantes é chamada a iniciar uma nova fase, ao consolidar os êxitos do relançamento. A UJS caminha a passos largos para uma maior consolidação orgânica, o enraizamento de seu trabalho através dos núcleos e direções municipais e estaduais, a diversificação, com o fortalecimento das frentes, o avanço no movimento estudantil e uma maior atenção ao movimento secundarista, o impulso na organização da juventude trabalhadora, a luta contra quaisquer formas de opressão e discriminação. O Brasil é um país imenso e complexo e é necessária uma tática complexa e ousada que uma todos aqueles que defendem o Brasil para que possamos definitivamente romper as cadeias da especulação financeira que ainda nos limitam.

Todo revolucionário(a) é movido(a) por grandes sentimentos de amor, como nos ensinou Ernesto Che Guevara, cujo nascimento, há oitenta anos celebramos dando a este congresso o seu nome, incorporando sua imagem ao nosso símbolo, seguindo sua mensagem emancipadora. Nele nos inspiramos para dizer em alto e bom som: nosso presente é de luta e o futuro nos pertence!

Nenhum comentário:

Videos

Loading...